quarta-feira, janeiro 14, 2009

As asneiras do meu filho (cont.)...

Ontem à noite:
- Levou uma cadeira para junto da bancada e levantou a alavanca para tirar a capsula, escaldar a chávena para café, colocou uma nova capsula e tirou um descafeinado....
- Pôs bananas na torradeira e toca a puxar a alavanca ( a sorte é que não estava ligada à tomada)...

Hoje de manhã:
- Nós prontinhos para sair e nós a chamar pelo filho Pedro... onde está ele? Na casa de banho, sem já uma sapatilha e prontinho a tirar as meias para supostamente cortar as unhas...

Não há paciência que resista, mas também é impossível conter o riso....

3 comentários:

sandracosta disse...

Concordo, por vezes falta-nos a paciência mas é quase de todo impossível conter as gargalhadas.
As asneiras fazem parte do seu desenvolvimento e eles próprios também aprende algo com elas.
É tão bom ve-los crescer assim, cheios de vida!!!
Beijos
Sandra

Álefe Souza disse...

Affe!! Pior é que às vezes não dá pra brigar de tão engraçada que fica a cena!! Haja paciência!!

Bjs

mamie2 disse...

Ahahahah

Mas olha que, quando não é connosco, até tem graça!

Bjocas